terça-feira, junho 20, 2006

Dentista

Hoje tive de ir ao dentista, não é algo que me deixe nervoso ou com medo, pois os dentistas a mim, e como Homem másculo que enfrenta a própria Morte com uma valente gargalhada, enquanto lhe cospe ( ou será cuspe!?) na própria cara, não me metem medo, se o consultório fosse num sitío muito alto, ai a conversa seria outra, mas não o era...

E , estava tudo bem, até ao momento em que me entra uma pestana no meu olho esquerdo, foi o panico, ele perguntava se me estava a doer e eu, no meio de gestos absolutamente estupidos, tentava explicar que não era dor de dentes, mas sim, um enorme incómodo provocado por um pelo proveniente do meu corpo que se tinha alojado no meu globo ocular e me estava a deixar doido, ora se há coisas neste mundo que eu não suporto é os olhos, coisas do género de meter gotas, mexer com o dedo nos olhos, ou simplesmente soprar para eles, deixa-me fora de mim, não me peçam para explicar, pois é daquelas coisas...mas, voltando à conversa, o dentista tenta entao ajudar-me usando para tal um dos instrumentos de trabalho (o que deitava ar) para me tirar a pestana dos olhos, escusado será dizer que por momentos vi a luz ao fundo do tunel... Felizmente consegui-o convencer de que os meus olhos, conseguiam por eles próprios eliminar por completo a pestana e que na verdade já nem a sentia... Resultado, passei o resto da consulta com o olho esquerdo fechado, e assim que terminou fui a correr para a casa de banho alegando que queria urinar... Neste momento, o "nebulado" que está na vista começa a desaparecer... e que bom que é...

O sexo feminino que não pára de surpreender

Hoje de manhã ouvi na rádio comercial uma música da (pouco ou nada) mítica banda Ministars, lembram-se??? A música que ouvi foi “O bikini amarelo”, e deixem-me que vos mostre como fiquei impressionado com uma parte do refrão, que apesar de já não me lembrar da letra exacta, sei que dizia que os rapazes iam adorar o novo bikini amarelo e as raparigas iam ficar cheias de inveja. Ora isto fez-me lembrar um post que eu escrevi recentemente, e que mostra como as mulheres conseguem mesmo ser mesquinhas e ruins e malvadas… e reparem que neste caso estou a falar de uma música dos Ministars, que acaba por ser ainda mais surpreendente, pois naquela idade elas não deviam ainda andar a brincar com as Barbies e com os Pequenos Póneis??? Não, naquela idade que ainda nem têm material suficiente para encher meio soutien já andam preocupadas em meter invejas ás outras raparigas e em dar a volta á cabeça aos rapazes…

sexta-feira, junho 16, 2006

é pá...

...hoje estou doentinho!
E há uma expressão que resume aquilo que sinto: não me apetece fazer "nicles batatóides"!!!

quarta-feira, junho 14, 2006

Os novos acessórios lá de casa...



Julie ...


...e Bia


quinta-feira, junho 08, 2006

Já alguma vez...

...apontaram o chuveiro para o tecto para o molhar e depois tentaram apanhar as gotas que iam caindo com a boca?

segunda-feira, junho 05, 2006

Helpdesk - as minhas aventuras com

Pois é, de facto um gajo saber pouco sobre computadores levou-me por algumas vezes a situações um pouco embaraçosas, e para se poderem rir um pouco de mim (hoje estou virado para o masoquismo) deixo-vos aqui dos episódios que ainda me hoje me levam a dar violentas e dolorosas cabeçadas na parede de cada vez que me lembro das mesmas, e por falar nisso, já venho…

… pois bem, a primeira remota aos primeiros tempos neste trabalho, tempos em que ainda desconhecia, por exemplo, que o insert activava e desactivava o Overtype (que confesso ter-me dado uma valente dor de cabeça, mas isso é outra história). Ora nessa altura precisei de configurar o acesso a uma aplicação informática, e como tal tive de ligar ao Helpdesk, a primeira pergunta que ele me fez foi, para poder aceder remotamente ao meu PC, qual era o nome da minha máquina, ao que eu de forma inocente e completamente estúpida respondi “isto tem aqui escrito Compaq”, pacientemente ele lá me explicou que queria saber qual era o IP do PC, e também como é que eu conseguia ver essa informação.
A outra foi quando um colega meu ficou com a imagem do monitor invertida, grande mistério o facto de tal ter acontecido, e depois de uns quantos restarts ao PC, sem sucesso, e numa altura em que ele já estava a trabalhar com o monitor de pernas para o ar (o que lhe estava, ao monitor, a dar um tom esverdeado muito bonito mas suponho que nada saudável) lá liguei para o Helpdesk, a solução dada pelo mesmo foi algo de uma complexidade que ainda hoje me deixa boquiaberto, a mesma foi “faça ctrl+Alt e seta para cima”, ao que eu depois de ver o resultado disse algo do género “humm hã, pois… era isto então…”

Pela primeira vez...

...fui cagar sem acessórios.
Sem Metro, sem Destak, sem telemóvel e sem o livro do Manuel João.
Demorei 2m06s. Sim, cronometrei... mas garanto que fui isento.
Ganhei uma nova expressão para quando for ao WC sem nada que me distraia: é uma "ida às boxes!"

sexta-feira, junho 02, 2006

Estive a pensar...

...e cheguei à conclusão que muitas vezes conseguem-se distinguir os conhecidos dos amigos.
Dos conhecidos apenas temos o seu número guardado no telemóvel e dos amigos sabemos o seu número de cor.
Experimentem e digam qualquer coisa...

quinta-feira, junho 01, 2006

O Verão

Vem ai o verão e com ele o calor e com ele todo o sofrimento dos seios das mulheres… ainda hoje no restaurante onde costumo ir a dona do restaurante, estava com um top tão apertado que um dos seios falou comigo numa voz de claro sofrimento dizendo “esta gaja tá doida eu mal consigo respirar, porque razão é que ela me aperta tanto?? Tá com medo que eu fuja? É que se tá só pode ser doida!!! Vou fugir para onde? Não há grande futuro num seio separado do corpo… É doida!!!” .
Para todas as nossas queridas leitoras, fica a explicação do porque grande parte das vezes nós homens olhamos para os decotes, não é para vermos se os seios são grandes e redondos, e cremosos, e …. Er… é pura e simplesmente para saber se os seios estão bem de saúde, ou se correm o risco de morrer sufocados… e depois dizem que nós somos uns tarados… não somos nós que andamos a assassinar seios ó!!!

Nota: na construção deste post nenhum seio foi vitima de maus tratos...